sábado, maio 26, 2007

Tende-se a confundir um homem sensivel com um homem fraco! Quem possa pensar que sou um homem fraco, engana-se. No entanto confesso-me sensivel. E devo dizer que esta música arrepia-me todas as vezes que a oiço. E os olhos marejam. Por que é também do mar (este mar imenso que nos envolve) que esta canção fala...

9 comentários:

Just a Girl disse...

Sensível, sensato, e acima de tudo muy digno de toda admiração e respeito de quem aqui passa.
"Meu fado meu" ... :)

Insaciável disse...

Bom gosto :-)

Bjos

Francisco del Mundo disse...

just e insaciavel, grazie...
Beijos

BlueAngel disse...

Nem sei como vim parar a este blog, mas para ouvir a grande Mariza valeu a pena o passeo virtual. Muito bom gosto! Sempre que vejo este vídeo tb chovo. Já tive o prazer de a ouvir cantar este fado ao vivo (não neste concerto, com muita pena minha) e fico sempre, sempre, sempre arrepiada. Esta mulher é um espanto!!!

Nanny disse...

Ai Francisco, não te deixes confundir tu, que sensibilidade é apenas fraqueza da alma, que quer sentir e é reprimida o tempo quase todo...

Fiquei aqui e ouvi e vi duas vezes, nunca resisto a ouvi-la, a sentir esta alma lusitana, que tanto teimamos em negar!

Parto com o nó na garganta, mas com um prazer imenso na alma.

Um beijo sentido e bem lusitano

Francisco del Mundo disse...

Blueangel, bem-vinda! E concordo com tudo o que disseste...

nanny, não me confundo! É apenas um lugar comum...:D

Beijos

Anónimo disse...

arrepiaste me até à alma... tu e a Mariza!
agr sim tenho saudades de pt.
um beijo

Jade

Francisco del Mundo disse...

Jade, falta pouco para voltares...:D
beijo

inês disse...

é extraordinária a energia, a força, ...o arrepiar que este momento transmite!!!

cum caneco!!!


(tenho-o constantemente no meu blog)