sexta-feira, maio 25, 2007

Prometi um post sobre ciúme e aqui vai ele...
Não consigo tar ciúmes!Peço imensa desculpa mas nem muito nem pouco. Quando me vem dizer que ciúmes significa que gostamos da pessoa, respondo que normalmente significa que somos egoistas. Um dos pilares de uma relação é a confiança. E não há meia confiança! Ou se confia ou não se confia.. Quando começo uma relação, confio a 100% na pessoa. E ao confiar nela, confio sobretudo que essa pessoa será sempre sincera, directa e correcta comigo. Essa pessoa sabe também, porque normalmente digo isto logo no início das relações, que eu já fui traído e não admitirei novamente. Ouvi ontem um advogado dizer que um erro tem sempre volta. Discordo em absoluto! Um erro, ou uma traição, pode ter perdão, mas nunca tem volta. Respeito muito mais uma pessoa que prefere acabar uma relação se sente que poderá trair alguém do que uma que o faça e depois se arrependa. Ou então, terá que haver um acordo tácito entre as duas pessoas em que se afirme que pode haver a partilha do corpo. Já sei que muita gente me vai cair em cima por isto. Mas eu defendo que uma relação é sobretudo uma relação de equilibrio. Se amo uma pessoa, amo com defeitos e qualidades. Se ela me diz que só me ama a mim, mas precisa de novos corpos, novs experiências físicas, eu tenho duas hipóteses: respeito e posso viver com isso ou então discordo e cada um segue o seu caminho. É essa a lógica do swing. Se só uma das pessoas de um casal faz swing, há desiquilibrio. Nunca essa relação pode crescer equilibradamente. Agora se for uma escolha partilhada, há uma felicidade verdadeira e acabarão por descobrir que se bastam a si próprios (porque o swing acaba por cansar, tal como tudo na vida). Não sei em qual dos blogs disse que tenho dúvidas que o ser humano seja iminentemente monogâmico. É possível (sem grande dificuldade) ser monogâmico se a relação se reinventar. Esse é que é o belo desafio. É todos os dias sabermos porque estamos com aquela pessoa, porque somos felizes assim, e procurar fazer essa pessoa feliz...
Já tive hipótese de trair. A título de exemplo, vivi em Itália e a minha namorada na Alemanha. Não o fiz! Para vincar isso criei um grupo no popular hi5 chamado "Homens irritantemente fiéis". Não o fiz para me armar aos cucos. Não! Fi-lo porque é assim que sou. Para que no fim do dia, ninguém me possa acusar de uma coisa dessas.
Esta minha forma de ser não faz de mim mais atraente ou mais perfeito. Faz de mim aquilo que sou. Não condeno quem pensa de outra forma e nem sequer digo que pensarei sempre assim. Sei que hoje penso assim e confio que é a escolha correcta...

20 comentários:

Espirito da Lua disse...

Gostei esta muito giro ;)

Anónimo disse...

Tou a ver que concordamos em mta coisa...
eu tb acho que uma relacao para fazer sentido tem ter a confianca como base.
Sempre fui honesta nas relacoes que tive (fossem elas casos do momento ou namoros serios), alias a sinceridade e' uma das qualidades que mais aprecio no ser humano. O que disse no outro dia sobre ter ficado com o coracao trucidado, foi em relacao a isso mesmo, a unica pessoa no mundo que eu pensava que podia confiar e que era sincera comigo desiludiu me da pior maneira possivel e desceu bem baixo... mas pronto,nao lhe guardo rancor nem odios, apenas os bons momentos que tive, isso sim vale a pena.
Tambem concordo com o facto de que se ha traicao ou erro nao a volta a dar, porque mesmo que se perdoe, nunca se esquece. E eu tenho memoria de elefante!
E quanto ao ciume, nunca o tive, porque la' esta, se confias nao ha espaco pa ciume!
Enfim, mais um testamento! sorry!
Um beijo grande e tem um bom Fim de Semana!
Beijao

Jade

Francisco del Mundo disse...

Espirito da lua, ainda bem...:D Bem vinda a este meu mundo...
Beijo

Jade, pois, essas vezes que somos traidos é que doi... Eu tb tenho uma memoria enorme, mas deixa lá isso!:D
Beijo

Mulher de vinte e mts disse...

Antes fossem férias Francisco, mas é só mesmo o fim-de-semana... ;)

Beijo

Alice

Insanidad3 disse...

Adorei o post. Os homens deviam ser todos assim, mas nem sempre existe essa confiança e essa vontade de ser fiel :(
Fico terrivelmente triste quando um homem diz que é dificil resistir a uma mulher mesmo tendo namorada e ela sendo "perfeita".
Estou totalmente de acordo ctg, quando dizes que respeitas mais quem acaba uma relaçao porque se sente atraida por outro, do que a pessoa que trai e se arrependa. Ninguem é obrigado a nada, por isso venham com a desculpa que vierem, trair causa sempre muita dor e nao tem perdão.

Mais uma vez, adorei o post.
beijinhos

Jade disse...

Eu já deixei :P
Agora so guardo o que é bom ;)
Aliás a perda nao foi minha,lol, ficou aqui um bom pedaço de mau caminho livre, para quem (EU) quiser ahahahahha :P

Ah! quanto à fidelidade o meu record vai em 4 anos e qq coisinha :P lol
afinal nao sou tao maluca como se pensa ;)

once again, BOM FIM DE SEMANA!!

Francisco del Mundo disse...

Alice, e um fim de semana não é ferias???? Olha que eu já ficava contente...
Beijo

Francisco del Mundo disse...

Insanidad3, pois, é assim que eu sinto... Não se estraga algo que é bom por um capricho...:)
Beijo

Francisco del Mundo disse...

Jade, não existem recordes na fidelidade! Ela tem de acompanhar a relação...:) Bom fds...;)
Beijo

Insaciável disse...

Começaste por dizeres que ias fazer 1 post sobre o ciume e o que li foi um post sobre fidelidade.

Ciúme é aquilo que os idiotas sentem quando tem uma relação que acham que é a melhor relação do mundo e ninguém se pode chegar perto do seu parceiro nem o seu parceiro ter um relacionamento NORMAL com alguem do sexo oposto.

Em relação ao que escreveste sobre o ciúme, concordo contigo. Detesto e não o admito.

Mas o que li foi um hino à fidelidade. E em relação a isso não tenho nada a dizer. Já sabes que eu não sou iminentemente monogâmica mas sou INTERMITENTEMENTE monogâmica.;-)

Beijos

Noivo disse...

adorei o teu post!

(in)confessada disse...

este post vale pela sinceridade e frontalidade.
se tivesse lido isto há uns anos atrás, teria concordado com tudo o que escreveste.
hoje, vejo nas tuas palavras alguma utopia.. acreditar em certas coisas revela-se impossível depois de as vivermos de forma (inesperadamente) inversa.

beijo confesso

Just a Girl disse...

Homens e mulheres fiéis? É como o lince Ibérico..sabemos que existem, mas poucos tiveram a oportunidade única de estar com um(a). Ciúme? terás certamente, na dose certa, ponderado e quase sempre não assumido. :P Desconcertas a mais certa das mulheres...ahahahah! Bj

Francisco del Mundo disse...

Insaciavel, o ciume tem sempre por base o medo de perdermos a outra pessoa! A traição é normalmente uma das perdas possiveis... Logo não ha muita contradição no meu post!

Noivo,obrigado!

Inconfessavel, esta utopia depende de mim, logo não é utopia!

Just, não assumo ciumes pela simples razão que não os tenho!

Nanny disse...

Curioso...

A maior parte do tempo tive a sensação de estar a ler um texto que poderia ter sido escrito por mim...

Também não tenho ciúmes, nem nunca tive! Porque confio e durante 13 anos não dei razões para que não confiassem em mim, porque fui totalmente fiel, não só física, como mentalmente... depois, olha... sei lá! muita coisa aconteceu...!

Hoje entendo o amor e a paixão de forma diferente... e acho que quem ama tem de saber partilhar e não possuir, dar liberdade e não prender... cresci muito nos últimos tempos, e acredita que me tem feito muito bem!

Beijocas da gata

Gaja Boa 2 disse...

gostei imenso do post!!!
é um assunto que já me lembrei de abordar mas ainda não me decidi de que lado estou....é complicado....

bjs

Francisco del Mundo disse...

nanny, todos crescemos...:D

gaja, não é preciso escolher lados...:D

Beijos

Anabelacps disse...

Parabéns por este monólogo.

Voltarei, certamente, a ler-te.

Mara disse...

Parabéns, Francisco!
Não sei se ainda hoje pensas e ages assim, mas admiro homens e mulheres que vivam as relações dessa maneira :).
Beijinhos!

carpe vitam! disse...

Sei o que é o ciúme, já o experimentei umas quantas vezes. Creio que resulta de uma certa insegurança e sentido de propriedade, a verdade é que não consigo ter ciúmes da pessoa que amo. Suponho que seja porque sei que estou sempre em primeiro, não tenho a mínima dúvida disso e assim é muito mais fácil.
Também não consigo ter ciúmes de alguém de quem gosto mas que não me corresponde da forma como eu gostaria – quero mais é que as pessoas de quem gosto sejam felizes, se não tem de ser comigo, que seja com quem escolhem!
Mas por vezes tenho ciúmes de um amigo ou de alguém que me agrada e decide passar o seu tempo a fazer outra coisa que não dar-me atenção. Claro que eu tento controlar essa irracionalidade, afinal de contas, gostar implica dar espaço e liberdade.
Já dei por mim a ter ciúmes de um comentário que li num blog, mas logo a seguir pensei “és tão idiota!” ri-me e passou-me.