quarta-feira, junho 30, 2010

terça-feira, junho 29, 2010

Depois explico...

sábado, junho 26, 2010

Quem me conhece sabe que gosto de pessoas calmas e que transpareçam tranquilidade. Mesmo no Desporto, é assim! Alguém que se olha e mostra que nada o afecta. Porém, há aqueles raros momentos em que é preciso mostrar algo mais. Os italianos chamam grinta, os espanhóis ganas, nós garra. Carlos Queiroz é conhecido pela sua calma, mas ontem mostrou que está no Campeonato do Mundo para ganhar...



PS- A todos aqueles que simpaticamente quiseram saber a nota do exame de Psicologia que fiz na semana passada, foi 15,5 valores!

quarta-feira, junho 23, 2010

Recorrentemente falo ou escrevo sobre a capacidade de estar sozinho. Sendo um problema do ser humano, faz-me mais confusão ver isso nas mulheres. Ver uma amiga a contentar-se com alguém só porque tem medo ou não gosta de ficar sozinha, vai para além da minha compreensão. Nos últimos tempos, duas amigas que me diziam gostar de uma pessoa, só porque não conseguiram ficar com ela, rapidamente descobriram um substituto com quem ficar. E eu pergunto: "E a paixão, o amor?". "Ah, eu não queria estar sozinha." ou "Ele não me trata mal!". Há uma coisa que não compreendo. Só se deve estar numa relação para estar bem. Não estou a dizer que não existam discussões. É normal! Mas que haja a estabilidade de um sentimento. Se não estou bem na relação, não estou. Fico sozinho. É óbvio que as melhores experiências da vida são normalmente vividas a dois, mas com alguém que escolhamos. Alguém por quem abdicamos de todas as outras pessoas. Se namoro, estou a abdicar de todas as outras relações que poderia ter. E isso só se faz com alguém que acreditamos ser o certo. Como disse ontem, não é preciso ser perfeito, mas ser certo.
Nenhum ser humano quer ficar sozinho, mas deve sentir-se bem na relação. Nunca mais ou menos! Há pessoas que sentem mais ou menos paixão, que o saibam demonstrar melhor ou pior, mas que estejam bem na relação. Eu não sei estar mal. Se estou, estou bem. E feliz...

terça-feira, junho 22, 2010

Numa foto a preto e branco tudo parece mais perfeito! Há uma sensação de irrealidade fabulosa que no final não é mais que um pedaço de ilusão. Até nos momentos que vemos em fotos alvinegras, existia cor. E nada melhor que as verdadeiras cores! Algo que não precisa de ser perfeito, basta que seja o certo...

sexta-feira, junho 18, 2010

Há dias a estudar para Psicologia, vi o conceito de memória episódica!Momentos da nossa vida que ficam marcados para sempre, mesmo que os contornos se tornem difusos! Pois bem, este nada tem de difuso! Junho de 1998, Sagres, 6h da manhã, viagem de fim de ano do 11º ano, eu e outro amigo, a cantar a plenos pulmões: I'm still alive...

quarta-feira, junho 16, 2010

Depois de uns dias a estudar a sério (inclusivé levantar hoje às 6h da manhã), fiz o exame de Psicologia! Não será fácil mas "yes, we can"! Por falar nisso, e pensando no apuramento de Portugal no Mundial, um pouco de esperança...

segunda-feira, junho 14, 2010

sexta-feira, junho 11, 2010

Começa hoje o mundial africano! E isso transporta-me para África. Já afirmei que tenho um fascínio quase temeroso por África. Tenho medo de ir lá. Porque sei que me apaixonarei por tudo e ainda fico. Ser absorvido por tudo. Como por exemplo a música africana. Nem é preciso perceber o significado para sermos enlevados por um sentimento que nos leva à exaustão dos sentimentos. Uma inundação emotiva...



Hah
Hahye hahye aye hahye ...

Om maam pum imjya
Kothbiro
Ke luru do ketaa-lha
Om maam pum imjya
Kothbiro
Ke luru do ketaa-lha

Hah
Hahye hahye aye hahye

Om maam pum imjya
Kothbiro
Ke luru do ketaa-lha
Om maam na pum imjya
Kothbiro
Ke luru do ketaa-lha

Hah
Hahye hahye hahye

(INTERLUDE)

Hah
Hahye hahye hahye

Yah yebi tom nuguee
Um kuru tili bare made
Kothbiro
Kem luru do ketaa-lha

Translation:
Dear children,
the rain is coming,
bring the cows in the cattle,
bring in our wealth

quarta-feira, junho 09, 2010

Uma bela noite de sono dá imensa energia para enfrentar esta sexta-feira, perdão quarta-feira que parece sexta! :) Vamos lá, gente, Go Go Go... (A Mónica Ferraz para além de gira canta muito bem)

terça-feira, junho 08, 2010

Com esta chuva, só me lembro de músicas com chuva! Ora depois de muito matutar, decide-me por uma Purple Rain! Esta letra é tão gira que merece ser postada...



I never meant to cause you any sorrow.
I never meant to cause you any pain.
I only wanted to one time see you laughing.
I only wanted to see you laughing in the purple rain.

Purple rain, Purple rain
Purple rain, Purple rain
Purple rain, Purple rain

I only wanted to see you bathing in the purple rain.

I never wanted to be your weekend lover.
I only wanted to be some kind of friend.
Baby I could never steal you from another.
It's such a shame our friendship had to end.

Purple rain, Purple rain
Purple rain, Purple rain
Purple rain, Purple rain

I only wanted to see you underneath the purple rain.

Honey I know, I know, I know times are changing.
It's time we all reach out for something new,
That means you too.
You say you want a leader,
But you can't seem to make up your mind.
I think you better close it,
And let me guide you to the purple rain.

Purple rain, Purple rain
Purple rain, Purple rain

If you know what I'm singing about up here.
C'mon raise your hand.
Purple rain, Purple rain
I only want to see you, only want to see you.

segunda-feira, junho 07, 2010

Depois de uns dias na Nazaré com a companhia perfeita, nada como voltar ao trabalho com as baterias carregadas! As pessoas queixam-se das segundas feiras mas nem é o dia que me custa mais trabalhar. Ainda venho com o descanso do fim de semana e por isso há força. As terças são piores... Claro que há quem não concorde! E para essas pessoas aqui fica Manic Monday das Bangles...

quarta-feira, junho 02, 2010

Claramente num dia paz e amor, claramente que vou de férias uns dias, claramente que depois escreverei por onde andei... Deixo a chamada música boa onda, mais uma vez reggae brasileiro! Para todos um beijo do beija-flor...

terça-feira, junho 01, 2010

Para mim continua a ser uma das melhores cenas cinematográficas de sempre! Belíssima compilação de músicas, dois bons interpretes e uma realização competentíssima.. E Baz Lurhmann foi esquecido nos Oscars!!