quarta-feira, setembro 30, 2009

Mais uma vez vos peço para por as colunas bem baixinho...

video

terça-feira, setembro 29, 2009

Nunca tinha pensado muito no porque da psicologia me atrair. Mas ao longo dos últimos tempos tenho compreendido melhor! A psique humana sempre me interessou. Sobretudo a parte de ouvir histórias de vida. Compreender a personalidade de cada pessoa através das suas experiências, os seus medos e receios, as suas ambições e metas. E naturalmente me sai o sorriso, o apoio, a crítica, o conselho. Há dias falei-vos de uma amiga que não sabe aproveitar a sorte que tem! Hoje falo de outra amiga que precisa de entender que não precisamos de nos preocupar com a vida. Ela teve alguns problemas de saúde durante uns anos. E isso foi condicionando o comportamento social dela. Foi entrando num casulo do qual não queria sair. E a primeira coisa a padecer foi a sua auto-estima. Foi deixando de acreditar nas suas capacidades! Nos últimos tempos, compreendeu que tem de ganhar mundo. Tem de viver aquilo que não viveu durante muito tempo. Saber que todos nós temos virtudes e defeitos e que a piada da vida é conhecer pessoas imperfeitas. E tem feito por isso! Com contratempos mas com força de vontade ela vai lá. Sei que ela vai ler isto! Mesmo que ela não precise de se identificar deixo-lhe um video que é um exemplo: Scott James, um autista cujo sonho era cantar...

domingo, setembro 27, 2009

Eu já votei! E vocês? Vá, ainda vão a tempo... E é importante que todos participemos...

quarta-feira, setembro 23, 2009

Todos os dias aprendo a apreciar a vida! Todos os dias começo e acaba o dia com um sorriso. Porque foi mais um dia que vivi! E não consigo compreender quando uma pessoa que conheço não aprecia toda a sorte que é viver. Tenho uma pessoa conhecida que tem tudo de bom: uma familia que a apoia, mudou de área porque o seu curso não lhe dava emprego, é gira, inteligente, divertida; mas que nunca está contente. Tem sempre uma imensa dificuldade em estar feliz! Na brincadeira bem lhe digo que é por ser Capricórnio. Ela vê sempre o copo meio vazio. Acha sempre o lado negativo e agarra-se a ele. Porque falta isto, ou falta aquilo! E já meio irritado, disse-lhe que lhe faria bem fazer voluntariado! Por exemplo, junto do IPO. Porque ali, onde a esperança deveria ser diminuta, existe alegria e sorrisos. Porque cada dia para eles é um novo dia! Razão de ser celebrado. Olhar só o "Bright Side of Life"! E ela precisava disso...
Temos de ultrapassar os obstáculos que a vida nos põe à frente. Sejam mentais ou físicos! Como por exemplo Tony Meléndez! Vejam a história dele e o que ele diz aos 2'58s.

terça-feira, setembro 22, 2009

Quem me conhece sabe que não sou comunista! Há algumas (não muitas) coisas em me revejo no ideário comunista, mas a constante relutância em renovar certas ideias e comportamentos afasta-me do PC! Dito isto, quero elogiar a pessoa de Jerónimo de Sousa! Humilde, apelidado de gentleman mesmo por adversários políticos, simpático e bem educado. São tudo qualidades que podemos ver nesta entrevista conduzida pelo Ricardo Araújo Pereira (que é comunista de cartão de membro)... A última troca de palavras é demais!



domingo, setembro 20, 2009

Ontem estive a vindimar de manhã! Resultado: muita diversão e uma dor nos ombros que Deus me livre... Tudo que se faça com amigos é delicioso...

quinta-feira, setembro 17, 2009

Quem me tem como uma pessoa equilibrada, não veja o video a seguir! E se perder a cabeça e decidir ver, que baixe o volume...
video

terça-feira, setembro 15, 2009

Pois, meninas e meninos, este blog faz três anos! A 15 de Setembro de 2006, meti-me em mais uma aventura blogueira. O meu blog mais pessoal e intimista. 400 posts depois aqui estou eu. Surpreso por ter 50 visitas diárias, surpreso por receber tanto carinho de todos vocês, surpreso ao ler alguns dos posts que aqui deixei porque significa que os últimos três anos foram muito preenchidos. E agora? O futuro... Olhem:

- em termos de trabalho, fui hoje inscrever-me ao Centro de Emprego pela primeira vez! Não sei o que me espera, mas sou oficialmente um número estatistico do desemprego em Portugal. Se aos 30 não tiver um emprego estável, torno-me gigolo.:D

- em termos de formação vou fazer um curso de um ano de teatro no Porto, sob a orientação de Dinis Machado.

- em termos de amor, estou quietinho no meu canto. O meu coração está tranquilamente penhorado.

- em termos de leituras, decidi adoptar um novo método. Cada mês escolho um escritor e procuro ler tudo que tenho e posso dele. O escritor de Setembro é Shakespeare.

- em termos de escrita, tenho várias coisas para escrever, sendo que decidi-me a escrever pelo menos duas ao mesmo tempo.

- em termos de desporto, começou agora mais uma época de voleibol (está tudo convidado a assistir aos jogos).

Se estiverem para me aturar, cá estarei! Sendo bonzinho, sendo mauzinho, mas acima de tudo, sendo eu mesmo...

segunda-feira, setembro 14, 2009

Nunca escondi que sou apaixonado por concursos com Idolos, X-Factor, Britain Got Talent, etc! Porque adoro ver talento puro onde menos se espera. Mas o video que trago aqui hoje pouco tem a ver com talento. Tem a ver com dois miudos que gostam um do outro! Melhor que qualquer explicação, vejam...

sábado, setembro 12, 2009

Pois bem, o que o Mundo tira, o Mundo dá! Um dia depois de saber que não entrei em Psicologia Desportiva na Universidade do Minho, soube que fui aceite num curso de um ano de teatro, com Dinis Machado! Pois é, voltarei à interpretação. E assim na vida, se algo não corre bem, tenta-se outra. Como esta menina aprendeu...

sexta-feira, setembro 11, 2009

Só uma pequena nota para informar que não consegui entrar em Psicologia como era meu desejo! Nunca pensei que houvesse tanta gente a concorrer como licenciado e tramei-me! Não estava à espera. Mas hei-de dar a volta com um sorriso como sempre...

quinta-feira, setembro 10, 2009

Foi quando esta música fez perfeito sentido que soube que tinha encontrado a metade da minha laranja! Como vocês sabem não estamos juntos...



Mas será quando uma mulher me cantar esta música que me terá para toda a vida... Num mundo que tenta dar tantas dicas aos homens como agir com as mulheres, esta é uma dica dos homens para as mulheres...



And I am Telling You
Jennifer Hudson

And I am telling you
I'm not going.
You're the best man I'll ever know.
There's no way I can ever go,
No, no, no, no way,
No, no, no, no way I'm livin' without you.
I'm not livin' without you.
I don't want to be free.
I'm stayin',
I'm stayin',
And you, and you, you're gonna love me.
Ooh, you're gonna love me.

And I am telling you
I'm not going,
Even though the rough times are showing.
There's just no way,
There's no way.
We're part of the same place.
We're part of the same time.
We both share the same blood.
We both have the same mind.
And time and time we have so much to share,

No, no, no,
No, no, no,
I'm not wakin' up tomorrow mornin'
And findin' that there's nobody there.
Darling, there's no way,
No, no, no, no way I'm livin' without you.
I'm not livin' without you.
You see, there's just no way,
There's no way.

Please don't go
Away from me
Stay with me,stay with me
Stay, stay and hold me
Stay, stay and hold me
Oh please stay and hold me
miss me
Try and miss me
Try and miss me
Oh i know, i know, i know you care

Tear down the mountains,
Yell, scream and shout.
You can say what you want,
I'm not walkin' out.
Stop all the rivers,
Push, strike, and kill.
I'm not gonna leave you,
There's no way I will.

And I am telling you
I'm not going.
You're the best man I'll ever know.
There's no way I could ever, ever go,
No, no, no, no way,
No, no, no, no way I'm livin' without you.
Oh, I'm not livin' without you,
I'm not livin' without you.
I don't wanna be free.
I'm stayin',
I'm stayin',
And you, and you, and you
You're gonna love me.
Oh, yeah, you're gonna love me,
Yes, you are, love me,
Ooh, ooh, ooh, love me,
Love me,
Love me,
Love me,
Love me.
You're gonna love me.

quarta-feira, setembro 09, 2009

Ora aqui está algo de que não sofro, mas muita gente padece...

A Alexitimia (ou Aleximia), é um transtorno mental ou psicológico caracterizado pela dificuldade de expressar e identificar as próprias emoções. Trata-se de uma disfuncao entre o sistema Limbico e o Neo Cortex.

A palavra provém do grego, onde A indica ausência, lexis é palavra e timia, emoção.

Um dos principais sintomas é a confusão entre sensações e sentimentos, e grande dificuldade em expressar os sentimentos através de palavras. O alexitímico costuma relacionar suas sensações físicas aos seus sentimentos. Por exemplo, após sofrer um duro golpe emocional, o alexitímico irá reclamar de dor de cabeça ou fadiga, mas não saberá relatar de forma clara o que realmente sentiu.

terça-feira, setembro 08, 2009

Uma cara bonita e uma bela voz conquista as mulheres! Mas alegria e confiança conquista toda a gente. Eu aprendi há muito essa lição! E vocês?



PS- Primeira vez que vejo Simon Cowell a ser o primeiro a levantar-se! Vejam as duas meninas do júri derretidas... Ah, e tudo se consegue com a ajuda dos nossos amigos...:D

sábado, setembro 05, 2009

AS- Muito obrigado pela leitura atenta do blog!

Ora bem, cara Carol, comecemos pelo fim, de palavras percebo eu, e sim é um ataque! Não digo que não tenha sido mais atacado ou insultado neste blog, mas este é um ataque à minha coerência. Vamos por partes…
Para mim existem três tipos de blogs, os que só falam de coisas boas (bonito, mas não real), coisas más (não tão bonito, mas não real) e os que falam das coisas boas e más. Iniciei este blog a 15 de Setembro de 2006. Quase quase três anos! Muita coisa passou na minha vida, talvez eu tenha mudado (ou evoluído), mas creio ter mantido a coerência. Devo dizer que ao ir buscar palavras minhas, tem de se ter cuidado com o contexto. Este blog não me define, pode eventualmente mostrar uma parte de mim. E tenho todo o prazer eu falar sobre as minhas citações.
A primeira citação é de 18 de Dezembro de 2006! O mais engraçado é que nessa altura já tinha amado mas ainda não tinha encontrado aquela que digo ser a “metade da minha laranja”. Ainda agora afirmo o mesmo! Sou feliz (porque há milhões de pessoas que estão em pior situação que eu e eu não tenho nada de ingrato com a vida) mas seria mais feliz com ela (aquilo que costumo chamar de estar completo). Mantenho a minha coerência.
Segunda citação! O meu texto de 12 de Julho de 2007 (ainda sem conhecer a metade da minha laranja) foi dos mais crus e negativos que escrevi até hoje(estranhamente foi dos posts que mais mulheres gostaram). Estava zangado sobretudo com as circunstâncias da vida. A minha namorada da altura tinha acabado comigo porque ainda não conseguia dar-se por completo. Trazia ainda resquícios da relação anterior. Essa mesma ex-namorada acabou depois por dizer que eu era um príncipe que não soube aproveitar e que se pudesse voltava atrás. Se leres esses dois textos á luz destes factos pode ser que entendas as coisas. E sim, numa relação sou diferente! Continuo a dizer o mesmo. Sou diferente porque sou inteiro. Pena que a minha metade da laranja não goste de comentar (foi à revelia que pus o comentário dela) porque poderia dizer-te como sou numa relação. Se não sou inteiro! Mantenho a minha coerência.
A minha última citação parece ter sido escrita há cinco minutos! Até tive dúvidas que tivesse sido eu a descrever tão bem o que sinto. Em nada a altera! Mantenho a coerência.
Quanto ao Luís Bernardo, acho que foi neste blog que o elogiei e critiquei! E continuo a estar mais do que de acordo com a citação dele. Sou fiel à minha loucura (por isso abandonei a casa dos meus pais e fui viver para outro apartamento a pensar que um dia ela pudesse vir viver comigo), sou fiel à minha ponderação (neste momento, eu ir para Lisboa, iria sem dinheiro, sem emprego, sem casa! Se a menina Carol puder providenciar estas três condições eu arranco amanhã para perto da metade da minha laranja), sou fiel aos meus sentimentos (ela já quis afastar-me vezes sem conta e cada vez mais sei que ela é única), sou fiel aos meus instintos (penso que ela seria mais feliz aqui do que nós lá), sou fiel aos meus afectos (porque apesar de tudo que disse até agora, nunca a culpei de nada e nunca ouviram uma palavra negativa sobre ela).
Se mudei, cara Carol, foi para melhor, porque amadureci! Porque a encontrei. Porque se a distância ainda não nos permite viver um amor eterno, pelo menos o sentimento durará uma vida.

sexta-feira, setembro 04, 2009

Quem anda à chuva, molha-se! Tenho um blog que é público, com o meu nome e até a minha cara. Acima de tudo, tenho os meus sentimentos expostos. E de vez em quando aparecem críticas. Primeiro deixo o texto da leitora Carol...

"Depois de ler tenho uma pergunta a fazer...
A pessoa que começou a escrever este blog ainda é a mesma? Ainda não li todo o blog, mas quem nos seus primeiros meses escreve :
Segunda-feira, Dezembro 18, 2006
"Eu sou feliz sozinho, seria é mais feliz contigo..."
posteriormente, no post de
Segunda-feira, Julho 16, 2007 "...quando se gosta devemos ser 100%...", sendo este post o seguimento do teu próprio elogio ao amor a 12 de Julho.
Se és como tantas vezes afirmas ser "diferente" (...) se partilhas a opinião "O amor e a paixão são sentimentos que evoluem com a relação. Quero amar mais todos os dias. Quero reapaixonar-me todos os dias. Quero dentro das minhas qualidades e defeitos ser eu mesmo. Quero seguir as palavras de Ricardo Reis: Para ser grande, sê inteiro: nada teu exagera ou exclui. Sê todo em cada coisa. Põe quanto és no mínimo que fazes. Não escondo que por vezes sou excessivo ou comedido, mas quero sempre ser eu. E não me quero habituar ou adaptar a ter menos do que desejo."
Poderia continuar com citações, sempre tuas, mas vou colocar apenas mais uma
"O amor é belo, quando nos deixamos perder. Quando não pensamos no que foi e no que será, mas no que é. E no que não é. É tudo que se explica e tudo que não se entende. Tudo o que se sente sem saber porquê. O amor não é só certezas, mas também as dúvidas e inseguranças. É a tranquilidade de amarmos e a incerteza de sermos amados. É amar com toda a força, para que saibam que podem fazer o mesmo. É mergulhar sem saber se há água só porque acreditamos que sim. Acima de tudo amor é indolor. A falta dele é que dói. Não deixem de amar, nem de ser amados. Não pensem, reajam. Não se escondam, ofereçam o corpo às balas. Não se calem, exijam o Mundo. Façam que as pessoas acreditem na sinceridade dos vossos sentimentos. Tudo o resto é incontrolável. Tudo o resto é um feitiço que nos enleva, um fascínio que nos inebria, um bem que nos salva..."
Depois de um comentário escrito pelas tuas próprias palavras, e depois de ter lido comentários do post de hoje (em que se alega distância) tenho a ousadia de te questionar se és coerente.
Pensei que talvez fosses um Luís Bernardo, "Não esperes nunca de mim que eu seja fiel a qualidades que não tenho. O que podes é contar com as que tenho, porque nessas não te falharei nunca."
mas pelo pouco que li reparo que falhaste naquelas que julgavas ser fiel.
P.S. não é um ataque, apenas uma singela observação. Até podes ter mudado... tenho pena."

Amanhã comento...

terça-feira, setembro 01, 2009

Sabem o que é para mim uma declaração de amor eterno? É algo que é escrito a uma pessoa mesmo que não seja a pessoa com quem vamos ficar para sempre. Porque o sentimento ultrapassa a realidade. Ela pode não me perdoar por eu por aqui as suas palavras, mas lava-me a alma alguém que escreve tão bem, escrever algo assim...

"eu também não sei se sei ser tua amiga e deixar de ser tudo o resto, mas sei que prefiro ter-te como amigo do que não te ter de forma nenhuma. nunca encontrei um leito tão confortável, um encaixe tão perfeito na hora de dormir. parte-me o coração não saber se os meus filhos terão a nossa mistura de chocolate com baunilha, o teu sorriso, o teu olhar profundo. sei que temos um vazio nos nossos corações difícil de preencher, por mais que nos cruzemos com inúmeras pessoas e sejamos até felizes com elas. mas sei, acima de tudo, que a minha metade existe e isso, por si só, é maravilhoso...
adoro tu, para sempre..."