sexta-feira, fevereiro 15, 2008

Falava há uns dias com a minha querida Belota e, tal como já me tinha apercebido de outras conversas com outras pessoas, andamos a perder a capacidade de acreditar no amor e nas relações. O facto da nossa geração ter vivido uma maior liberdade, vísivel também nas relações amorosas mais abertas e mais frequentes, deu-nos paradoxalmente um maior pessimismo no que toca aos amores. Não se trata de acreditar no príncipe perfeito ou no amor de uma vida, mas acreditar que não vamos descobrir ninguém com quem partilhar uma relação. E nem chegamos aos 30 anos! Eu não consigo partilhar essa visão das coisas. Talvez eu seja um optimista exagerado, mas nem o facto de ter tido seis namoros que acabaram, me impedem de pensar que não vou descobrir alguém que me complete. E acredito que encontrei. É sempre assim. Só acreditando é que posso viver a relação ao máximo... Para mim o copo está sempre meio cheio. Para mim, por muito que chova, nunca choverá sempre. E com isto em mente, deixo à menina Nay esta música que ela lembrou...

22 comentários:

Belota disse...

Hey!!! A Belota acredita e nunca disse o contrário! Eu bem digo que nós nos expressamos muito mal e que os homens de qualquer modo também nunca entenderiam nada do que dizemos! LOL

Francisco del Mundo disse...

belota, eu sei que acreditas, mas pregas que não acreditas...:D ahahhaha Chama-se pessimismo revertido...:D
Beijo

Belota disse...

Nunca preguei eu tal coisa! Eu até acho que tenho é um optimismo revertido lol

Francisco del Mundo disse...

belota, ou isso...:D ahahha
Beijo

Profundo Olhar disse...

Ainda bem que existem pessoas que ainda acreditam no Amor,bem hajam os que tem ainda essa capacidade,os que a conseguem partilhar...Feliz de quem a consegue partilhar...
E só acreditando é que faz sentido não é verdade?

I BELIEVE

Beijos

Sha disse...

O que nos está destinado, cedo ou tarde cruza o nosso caminho.
E "aquela" pessoa - a nossa outra metade - também!

Beijo e bom Domingo
Sha

ines disse...

Só acreditando é que posso viver a relação ao máximo... acredita SEMPRE! de outra forma nem relação é!

boa semana (até me esqueci que estava danada... ver comentário do post anterior)

Francisco del Mundo disse...

profundo, só acreditando mesmo...:D
Beijo

Francisco del Mundo disse...

sha, o que tiver de ser, será..:D
Beijo

Francisco del Mundo disse...

inês, eu sei que tu não tens mau feitio..:D
Beijo

Pekenina disse...

Sou um bocado como tu, sabes? Mas vejo mais as coisas como a fox life em relação ao copo: "eu? o que eu tenho é sede!" e por isso é degustar cada golinho que se dá ;) e quando não houver mais...sirvo-me outra vez a meio do copo, para não ter mais olhos que barriga :)
Beijinho*

Catwoman disse...

A fé (acreditar seja no que for é uma forma de fé) tem muito poder. Tanto que ás vezes até acreditamos no que deveriamos desconfiar. Mas pronto já que temos que acreditar em qualquer coisa para dar sentido á vida, que seja no Amor.

Beijocas

Francisco del Mundo disse...

pekenina, sim, eu gosto de degustar cada golo...:) Mas mesmo com menos de metade, está sempre meio cheio para mim...:D
Beijo

Francisco del Mundo disse...

catwoman, concordo...:D
Beijo

Shelyak disse...

Quanto mais nos sentimos como pertencendo a minorias (felizmente!), maior a dificuldade em encontrar esse tal alguém...
Mas vejamos a coisa pelo lado natural e positivo: um amor que seja infinito em tempo? não sei não... todos nós vamos, com o tempo, mudando, alterando a nossa forma de estar, sentir e pensar... e será preciso alguma "sorte" a pessoa com quem temos uma relação acompanhar tais mudanças de forma idêntica... e daí, o continuar juntos ou não...
Vamos vivendo o momento, felizes e contentes, sem exigir demais da Vida... será que estou a ser limitado demais? não sei não...
A ver vamos se terei mudado a minha opinião daqui a uns tempos...
Abraço :)))))

Magnolia disse...

Após uma reunião de condominio conclusiva e muito interessante, um dos inquilinos do Edificio Magnolia decidiu desafiar este espaço com 7 propostas que visam atingir um pedaço da sua personalidade.
Atenciosamente,
a gestão de condominio do Edificio Magnolia

BlackStar disse...

Eu nem quando me divorciei (aos 24) deixei de acreditar no amor ou na existência de uma pessoa que me pudesse completar! Ainda não sei se existe, mas nada me impede de continuar a busca! ;)

Francisco del Mundo disse...

shelyak, julgo que o que defendeste não é muito diferente do que defendo! O facto de acreditar no Amor e em encontrar alguém que percorra a meu lado o caminho da vida, por um dia ou por uma vida, não me tira o sorriso e a alegria de viver tranquilamente! Todos mudamos, o Mundo muda, e isso não nos deve assustar! Descobrirmos que nada é perfeito não nos deve entristecer, deve é fazer-nos compreender que a vida é perfeita assim mesmo...:D
Abraço enorme

Francisco del Mundo disse...

magnólia, será feito...:D
Beijo e abraço

Francisco del Mundo disse...

blackstar, desde já bem-vinda! Depois, acho muito bem que nunca deixes de acreditar...:D Isso é que é uma vida preenchida, divórcio assim cedo!:D
Beijo

Nay disse...

É linda a música não é!?!?
Tem duas das frases que me ajudam sempre nos momentos mais dificeis.
It can´t rain all the time.The sky will not fall forever.
É tão bom acreditar nisso, seja no amor ou em qq outra situação.
No final de tudo: Tudo passa, sempre!
Bj

Francisco del Mundo disse...

nay, a menina pediu, eu fiz...:D
Beijo