quarta-feira, dezembro 13, 2006

Acabou o tempo de antena da menina que animou este blog por uns dias! Quem não sabe ser moderado que continue a mandar curriculos e pode ser que acabe na caixa do Feira Nova ou do Continente. A partir de hoje este blog tem comment moderation! Assim quando vir na minha caixa de correio o nome da menina em questão, simplesmente apagarei o mail e comment. Se é uma questão de ego ou de ditadura, já me estou pouco a borrifar... Não tenho saco para criancices nem para pessoas frustradas que ainda só fizeram a porcaria de um estágio e já pensam que mudaram o mundo. Tenho pena do namorado (se é que alguém a atura) porque levar com tanta acidez só melhora com Rennie! Ela poderá continuar a sua vida pacatamente, sem se expôr, já que tanta coragem em vir para aqui insultar os outros gostava eu de ver num blog a defender as suas ideias e a ser criticada. A arrogância e falta de humildade ia toda ao ar!
Tento ser diplomata até ao limite da minha paciência, mas até o melhor diplomata aprende o que é uma posição de força...

Dois recados directos para finalizar:
- Não tenho medo de mostrar o meu corpo e de ser elogiado ou criticado! Não é uma questão de ego, pode ser de despudor! (creio estar a exigir demais do léxico dela)
- A bipolaridade demonstrada pela menina, tanto era simpática como insultuosa, revela um desvio padrão que pode ser resolvido no Júlio de Matos ou com uma noite de cama. (devido ao veneno, aconselho a primeira hipótese, não vá matar o rapaz)

Para todos os outros, o blog seguirá dentro de uns dias... Depois de eu esquecer esta personagem! Não deve demorar muito, porque trabalho e não ando só a mandar curriculos...

19 comentários:

Bad disse...

bolas
perdi algumas coisa? ainda as fotos? chiça!

francisco ela só pode estar apaixonada por ti lindo ;)

beijooooooooooo

psique disse...

Francisco calma lindo.

Nay disse...

lolllolll!!!!
Até que enfim ;)
Bj grande

Francisco del Mundo disse...

Bad, não não estará...:D Mas ja foi resolvido..:D
Baci

Psique, eu acalmo-me rápido...;)
Baci

Nay, calma, com conversa tudo se resolve...:D
Baci

ah e tal (c) disse...

Não estou apaixonada pelo Francisco porque não tenho nenhuma base para isso, eu apaixono-me normalmente por pessoas que conheço ao vivo e com quem tenho química ao vivo e quem me faz rir ao vivo etc etc etc...Mas tudo ao vivo, perceberam? ; )

Anónimo disse...

'anonimato propositado' não iria ser um nick que daria mais do que o que vou dizer.

A ah e tal (c) sem dúvida é uma exagerada, mas este teu post é no mínimo vergonhoso. É uma resposta estupidamente infantil. E por muito que a ah e tal (c)se tenha desviado por discursos patéticos (e ainda mais quando cai no ridículo de criticar alguém que comenta), também sou da opinião que nada tens de diplomata e ainda menos respeito tens por quem anda a tirar uma "porcaria de um estágio" e já, com TODA a certeza absoluta, fez muito mais que tu.

É o teu blog, sem dúvida, mas nota-se a tua falta na articulagem de uma contra-argumentação de quem não tem a mesma opinião que tu. Responde a tudo. Discute com senso. Já aqui vi algumas situações que te deixam muito aquém de um homem que sabe mexer com as respostas. Um blog é fácil ser escrito. Tens tempo para ensaiar cada post. A um comentário que não seja bom, acho necessária uma resposta que revelaria o alguém que passou por tanto estudo e aventura profissional como tu. É bom que o mundo não seja lido pelo currículo de cada um, mas pelo seu sucesso.
Leio-te porque te conheço de há algum tempo atrás, mas em tudo isto que referi considero-te um derrotado.

Francisco del Mundo disse...

Ah e tal, muito bem... Nunca se sabe o dia de amanha...:D

Anónimo, se já me conhece de algum tempo, pergunto-me se ao vivo ou de um dos blogs, já devia saber que eu tento sempre ter muita calma nas minhas respostas. Aliás, já conciliei duas pessoas desavindas nos meus comments... E para sua informação, a minha querela com a Ah e Tal, já foi fantasticamente resolvida, como ela se quiser lhe dirá.
O caro anónimo está a cair no erro que aponta à Ah e tal, já que está a comentar a minha troca de palavras com ela, e não o meu post... Quando falei no estágio, foi porque ela perdeu o respeito a uma comentadora que de facto já fez mais do que eu e ela na vida. E pode acusar-me de muita coisa, mas quando atacam amigas/amigos meus, aí veem o pior de mim. Amizade ainda é um valor que prezo.
Mais uma vez vou perguntar, conhece-me da vida real ou dos blogs? É que se é da vida real, acho uma cobardia estar a dizer isso aqui e não ao vivo. Eu não o faço, e se o fizesse pelo menos identificava-me. É que para que conste, na minha opinião a blogosfera parte do blogger, e sou contra que se digam barbaridades, mas passa pelos comentadores, com a articulação (não conheço a palavra articulagem) de cada comentário e cada contributo para uma discussão saudável. A crítica simples, vazia e sobretudo injusta pode cair em saco roto, ou pior ser re-criticada! Dizer que eu não discuto com bom senso é ignorar os muitos posts que já escrevi e os muitos comments a que respondi. Se interveio apenas pela questão da Ah e Tal, ainda pior ficou, porque tudo foi resolvido entre nós dois de uma forma cordial e amistosa. E até já a elogiei várias vezes...
Faça como entender, se quiser criticar, critique, mas faço-o com superioridade, com agudeza de espírito, com inteligência assertiva, nunca a chamar-me infantil e derrotado. Até porque sendo isto uma democracia, parece-me que as opiniões favoráveis foram mais que as desfavoráveis..
PS-Uma última nota: se me lê há tanto tempo, porque comentar apenas agora... Quando um blog não me interessa, eu por e simplesmente abandono-o...

ah e tal (c) disse...

Anónimo
No que me diz respeito, eu exagerei em muitos dos comentários que fiz mas eu e o francisco já falamos e tudo foi resolvido ele já percebeu e eu já percebi, e olhe que para as críticas que eu fiz o rapaz não se saiu nada mal até tentou sempre responder com calma, ainda não o conheço, mas posso já dizer-lhe que já entrou para a minha lista de potenciais amigos...: D
No lugar dele sabe o que é que teria feito? (mesmo em alturas em que alguns comentários que fiz pudessem servir de atenuante) Teria simplesmente bloqueado a pessoa(mas também daria o beneficio da dúvida porque neste caso houve empatia entre os dois.)
Obrigado pelos elogios mas não seja tão duro, ninguém é perfeito e concordo com o Francisco, se o conhece acho que era de valor dizer-lhe as coisas pessoalmente porque demonstra uma certa cobardia não o fazer(peço desculpa pela sinceridade), no meu caso eu critiquei-o mas apresentei-me e coloquei-lhe à disposição meios de me contactar para se defender percebe?porque eu assumo o que digo.


Francisco: Pela boca morre o peixe, em relação ao teu comentário...; P
Quanto ao anónimo acho que já disse tudo....tranquilo, na boa...;)

ah e tal (c) disse...

"Pela boca morre o peixe" ou seja, estou a concordar contigo nessa do nunca se sabe o dia de amanhã...não percebi se tinha ficado claro...

Anónimo disse...

Há muito mais gente que lê sem comentar rapaz.
Conheço-te de Braga, da universidade do Minho, de Relações Internacionais. Sei exactamente quem és e alguma coisa de como és (como a maior parte de quem te fazia companhia em Braga) e não te digo nem te direi nada ao vivo:

a) porque sempre foste alguém que nunca me chamou a atenção (talvez pela tua passividade e ausência na vida social bracarense).

b) porque devias reler a minha introdução. Isto não é nada mais que um blog, onde toda a gente pode ser tudo para quem não conhece, como é explicitamente o teu caso (para quem te conhece ao vivo).

c) porque tal como tu não sou grande ser social. A única diferença é a coerência. Também não o sou na internet.

Deve haver alguns calafrios quando o s teus posts passam a ser identificados por quem te conhece, e a tua forma de ser (pelo menos nos 4 anos em braga) e são contraditórios com a tua "rica" experiência de vida (e não falo só a nível amoroso).

Homens incriveis não faltam na blogosfera. Até eu, que sou mulher, posso ser um deles.

ah e tal (c) disse...

Vou ser um bocado irónica mas sincera, olha que não sei como é em Braga, mas a vida social em lisboa também não está grande coisa, por isso faço aqui um apelo inventem mais sitios giros e com bom ambiente por favor!Sempre pensei que no Norte a vida fosse mais variada pelo menos no Porto há muito mais sitios do que Lisboa.

Anónima
Uma coisa que me está a fazer confusão e isto é para todos, não foi depois de falar com o francisco e resolvermos esta confusão toda que simpatizei com ele, foi antes quando nem sabia exactamente com quem é que estava a falar e ele me respondeu calmamente a umas coisas nos comentários a baixo.E não é engate simplesmente é uma troca de ideias interessante, eu só me interesso e apaixono por pessoas com quem estabeleço uma química REAL AO VIVO!
Outra coisa, não sei se sabes mas do teu discurso deduz-se muita coisa que não abona em teu favor.

ah e tal (c) disse...

Pa e vão-me desculpar mas para curso de relações internacionais, olha que é feio da vossa parte estas coisas, suponham vocês que alguém que lê isto está em altos cargos, vão acrescentar não sei o quê ao vosso historial que por mais inofensivo que possa ser pode não abonar em vosso favor.Vá parem lá com isto porque não vai dar em nada.Anónima/colega do Francisco escreve um mail ao Francisco porque assim ao menos é privado.

ah e tal (c) disse...

P.s: Devíamos ter ido todos para o curso de direito, para advogados de acusação.Escolhemos todos mal o curso.

Francisco del Mundo disse...

Ah e Tal, muito obrigado pelas tuas palavras... Como vez há sempre alguém mais crítico... Eu nunca iria para Direito (pelo menos Acusação) porque preferia defender um criminoso, do que acusar um inocente...
Baci

Anónima, mais uma vez tantos erros de julgamento! Não me faz calafrios nenhuns porque como tu dizes não me davas atenção, e sendo assim não me conheces com certeza.
Eu não tenho nada de anti-social!:D No meu primeiro ano, saí e muito (aliás a notas reflectiram isso), tendo feito amigos não só no meu ano como também no 3º e 4º ano (menos no 2º por havia uma espécie de rivalidade que não entendia). E se tu não saías muito como raio me havias de encontrar??? No 2º ano, sai menos por problemas pessoais que não são para aqui chamados. No 3ºano fui muito social, mas em Genova onde vivi! No 4 º ano tinha responsabilidades extracurriculares e tinha que me preocupar com o curso, coisa que ainda não tinha feito antes...
Se não me davas atenção, sim porque se eu tivesse tido esse privilégio seria com certeza um homem muito mais feliz, porque o fazes aqui? Não é por me teres visto duas ou três vezes (porque claramente nunca privaste comigo, senão saberias pelo menos que no 3 ano estive em Génova), que me conheces! Eu queria saber com quem falava, não para identificar as acusações, mas porque a minha "rica" vida (ameaçada já por duas vezes, algo também não deves saber, tu que me conheces tão bem) ensinou-me que rostos passados são sempre um motivo de felicidade.
Ao vivo sou ainda mais extrovertido, pelo simples facto de que aqui não consigo descrever o sorriso que sempre me acompanha. Se eu não sorria na tua presença, é porque não sorrio para pessoas que mostram antipatia...
Ah, deve ser tramado, vir aqui, poder dizer atoardas apoiadas no facto de eu ter tido uma discussão com uma comentadora e de repente ficar sem rede, porque resolvemos as coisas muito bem... Tenho pena que seja mais fácil criticar que entender! Porque já dizia o senhor da India, é mais facil construir muros do que pontes...
Cumprimentos

ah e tal (c) disse...

Francisco eu também nunca iria para direito, foi modo de expressão, advocacia é muito chato e muito ingrato tanto em defesa como acusação.Foi bem mandado, porque há ali falhas no discurso do anónimo, essa da vida social foi basicamente: "eu não sou saio mas também não me chamaste a atenção porque não saías?" não tem lógica, como a maioria do dicurso, eu não estava lá mas percebeu-se que aquilo que ela estava a escrever não batia mt bem...
beijos

Anónimo disse...

Quem disse que eu não saía?

Vai falando do quanto eras extrovertido. Quem te conheceu vai-se rindo.

Já nem me lembrava do teu erasmus. Reflecte o quanto fazias a diferença. Sim, tu, um dos sózinhos.

Vai lá, é a minha última palavra. Aqui queres-te mostrar diferente. Os blogs dão distâncias confortáveis para isso. Boa sorte.

ah e tal (c) disse...

Anónima
Que embirração, o que é que interessa se o miúdo é ou não extrovertido??Deixa-o estar sossegado.
Se eu fui patética a criticar, nem quero pensar o que tu és, estás a ser meio picuinhas.
Continuo a achar que devias dizer-lhe isso na cara, quem não deve não teme!

Francisco:
Pronto já aprendi a lição não critico mais as pessoas levianamente....:) é totalmente irritante isto é!

Francisco del Mundo disse...

Catarina, pois... É isto que se atura...:D O mais estranho de tudo é estar tão errada no que toca à minha pessoa.. Mas olha, estou a marimbar...
Bacione

ah e tal (c) disse...

ya...acho que é mesmo o que tens a fazer, Francisco...:D

beijos!