terça-feira, março 25, 2008

A reportagem na revista Única (Expresso de Sábado sobre mulheres lésbicas é feita com frande serenidade e elevação. Fala de mulheres normais com relações normais. E isso é o melhor que pode acontecer numa sociedade tolerante. Teremos uma sociedade livre e tolerante quando uma relação lésbica ou homossexual for aceite e padecer das mesmas coisas boas ou más das relações heterossexuais.
Uma das mulheres que se assume pela primeira vez numa entrevista é a Solange F. Conheci a Solange aquando do casting do CC. Apresentei com ela, conversamos sobre muitas coisas e a conversa da sexualidade nunca veio ao de cima. Porque a sexualidade não define a pessoa. Caracteriza um aspecto, mas não define uma pessoa... Já agora vejam este blog de outra das entrevistadas...

6 comentários:

Belota disse...

Eu cá não gostei foi do gato. Isso já define uma pessoa? LOL

Carla disse...

Já é tempo de deixarmos de olhar para o lado e criticar os outros, cada um deve viver a sua vida e a sua sexualidade como bem lhe der na gana.
Parabéns e a minha sincera admiração por todas e todos aqueles que têm coragem de se assumirem e quebrarem tabus.
O meu bem-haja a todos.
Beijos

Francisco del Mundo disse...

belota, define que devias gostar...:P Mas já sei que tens um trauma com os gatos...:P
Beijo

Francisco del Mundo disse...

Carla, concordo inteiramente...
Beijo

Musa disse...

A coragem das entrevistadas é de louvar numa sociedade ainda demasiado conservadora.
Se elas fossem umas assassinas, pedofilas ou corruptas, agora não fazem mal a ninguem, pelo contrario , so fazem bem umas as outras!!! :))

Bjokas
Musa

Francisco del Mundo disse...

musa, concordo plenamente...:D
Beijo