quarta-feira, novembro 21, 2007

Já confessei aqui que gosto muito dos diálogos de Moulin Rouge. Em termos de argumento e realização este excerto é fantástico. A combinação de diversas músicas que todos conhecemos torna-se divinal numa discussão sobre o amor. Incrível com Baz Luhrmann foi esquecido na altura das nomeações para Melhor Realização...



Christian
Love is a many, splended thing
Love, lifts us up where we belong
All you need is love

Satine
Please, don't start that again

Christian
All you need is love

Satine
A girl has got to eat

Christian
All you need is love

Satine
Or she'll end up on the street

Christian
All you need is love

Satine
Love is just a game

Christian
I was made for loving you baby
You were made for loving me

Satine
The only way of loving me baby is to pay a lovely fee

Christian
Just one night give me just one night

Satine
There's no way
'Cause you can't pay

Christian
In the name of love
One night in the name of love

Satine
You crazy fool, I won't give in to you

Christian
Don't, leave me this way
I can't survive without your sweet love
Oh baby
Don't leave me this way

Satine
You'd think that people would have had enough of silly love songs

Christian
I look around me and I see, it isn't so
Oh no

Satine
Some people want to fill the world, with silly love songs

Christian
Well what's wrong with that
I'd like to know
'Cause here I go, again

Love lifts us up where we belong
Where eagles fly
On a mountain high

Satine
Love makes us act like we are fools
Throw our lives away, for one happy day

Christian
We could be heroes just for one day

Satine
You, you will be mean

Christian
No I won't

Satine
And I, I'll drink all the time

Christian
We should be lovers

Satine
We cant do that

Christian
We should be lovers
And that's a fact

Satine
Though nothing, will keep us together

Christian
We could still try
Both
Just for one day
We could be heroes forever and ever
We could be hereos, forever and ever
We could be hereos

Christian
Just because I.. will always love you

Both
I can't help loving you

Satine
How wonderful life is, now you're in the world

11 comentários:

Catwoman disse...

Este filme também é um dos meus preferidos. Daqueles para ter e ver de vez em quando.

beijo

Francisco del Mundo disse...

cat, exactamente...:D
Beijo

inês disse...

eu não vi!

agora ainda fiquei mais curiosa!

PAH, nã sei! disse...

o filme que "ainda" me faz acreditar que há amores (im)possíveis... e que temos que viver com a mágoa de (não) os ter....

PAH, nã sei! disse...

raios...!!!! sofro sempre deste mal... publicar os comentários e, ficar algo por dizer.
Enfim... esta é a PAH (já agora apresento-me ;).

Em relação a este filme, posso dizer que já o vi pelo menos... hummm....??? 15 a 20 vezes!!! Já sei as falas de cor (isto sim diz muito sobre alguém... infelizmente não me parece ser lá muito bom).
Não é o "argumento" em si só que me atrai.
Já nem falo do "senhor Ewan McGregor" !!!
É, também, o encadear das falas nas músicas, e no desenrolar da história.
E podia continuar... e, como este, muitos outros mais filmes! Mas... por aqui me fico.

Francisco del Mundo disse...

inês, tens de ver...:D
Beijo

Francisco del Mundo disse...

pah, muito bem-vinda a este blog.. Eu também adoro este filme e sei as falas de cor....:D
Beijo

RC disse...

Brilhante!

Iharah disse...

e tão poucos os tocadores de cítara...

Bom fim-de-semana, Francisco.

Francisco del Mundo disse...

rc, tb acho...:D
Beijo

Francisco del Mundo disse...

iharah, mas existem...:D
Beijo