quinta-feira, fevereiro 08, 2007

As lições de vida que aprendi, ninguém as aprendeu por mim. Momentos em que entendi que a vida tem coisas más, mas que só a morte é irremediável.
Perdi família, perdi amigos, perdi amores, apenas para de seguida encontrar família, fazer amigos, descobrir amores. De todas as vezes que me apaixonei, pensei ser para sempre. De todas as vezes que saí de coração partido, jurei que não voltaria a amar.
Em todos os momentos olhei para o lado e encontrei um ombro amigo onde chorar, uma mão amiga para me apoiar, uma palavra amiga para me consolar. Tive momentos em que caí e não acreditei conseguir levantar-me, mas logo alguém me fez sorrir e voltar a ter forças para andar.
O meu sorriso é meu e não pode desaparecer. Se a vida me tira algo, é porque tenho de seguir outro caminho. O meu caminho é só meu e para isso tenho de tomar as minhas decisões de vida. A minha vida é só minha, e apesar de ser tão única, é igual à de cada um de vocês...

4 comentários:

Jade disse...

Inteiramente verdade!
Não se diz que a experiÊncia de vida condiciona aquilo que somos como pessoa? ;)

O que não nos mata só nos torna mais fortes!


beijo grande

noivo disse...

estás a tornar-te mais forte caro amigo!

Sereia disse...

Até fiquei sem fôlego!

Francisco del Mundo disse...

Jade, sempre...:D

noivo, não sei se me apetece...:D Se isso significa deixar de ser eu mesmo, preferia viver na inocencia...:D

Sereia, espero que o tenhas recuperado...:D

Beijos e abraços