domingo, setembro 17, 2006

Não é fácil ser homem...
Se gostamos de sexo, somos tarados.
Se gostamos de romance, somos moles.
Se usamos creme na cara, somos gays.
Se não fazemos a barba, somos desleixados.
Se gostamos de dormir, somos preguiçosos.
Se gostamos de sair, somos vadios.
Se somos simpaticos, somos mulherengos.
Se somos calados, somos anti-sociais.
Se damos atenção, somos chatos.
Se somos alheados, somos insensíveis.
Se gostamos de desporto, somos machistas.
Se gostamos de ópera, somos elitistas.
Se gostamos de livros, somos intelectuais.
Se vivemos a vida, somos irresponsáveis.

Se somos como somos, e somos todos iguais, porque demoram tanto as mulheres a escolher...

4 comentários:

Silvia disse...

Apenas digo... sé tu próprio. Haverá sempre alguém que gostara de ti.
Beijos.

Francisco del Mundo disse...

Verdadeiro... Mas quem precisa de ser convencido muitas vezes não sou eu...;)
Beijo

Mim disse...

Também não é fácil ser mulher!
Se gostamos de sexo, somos cabras.
Se gostamos de romance, somos desmioladas.
Se gostamos de creme na cara, somos vaidosas.
Se não fazemos depilação, somos "machorras"
Se gostamos de dormir, somos umas inúteis.
Se gostamos de sair, somos(também) vadias!
Se somos simpáticas, somos atiradiças.
Se somos caladas, somos misantropas.
Se damos atenção, somos melgas.
Se somos alheadas, temos a mania que somos importantes.
Se gostamos de desporto, olham-nos de lado.
Se gostamos de ópera, somos pseudo-intelectuais.
Se gostamos de livro, somos aliens.
Se vivemos a vida, somos desmioladas.

Em que é que ficamos, afinal?
;-D

Francisco del Mundo disse...

Mim, belo trabalho...:D Pois bem, apenas quero demonstrar que um homem também pode ser sentimental... ahahhahah..
Beijo
PS- Eu não ponho nenhum desses rótulos às mulheres...