quarta-feira, abril 04, 2012

Tenho muitos livros da minha vida, muitos filmes da minha vida, muitas músicas da minha vida, muitos quadros da minha vida, muitas peças de teatro da minha vida, mas o mais engraçado é que novela só tenho uma! "Pedra sobre pedra" foi a "a novela"! Tinha belas personagens, um argumento que fixava, paisagens maravilhosas e uma banda sonora que ainda hoje me arrepia...



Há um brilho de faca
Onde o amor vier
E ninguém tem o mapa
Da alma da mulher...
Ninguém sai com o coração sem sangrar
Ao tentar revelar
Um ser maravilhoso
Entre a serpente e a estrela...

Um grande amor do passado
Se transforma em aversão
E os dois lado a lado
Corroem o coração...
Não existe saudade mais cortante
Que a de um grande amor ausente
Dura feito um diamante
Corta a ilusão da gente...

Toco a vida prá frente
Fingindo não sofrer
Mas o peito dormente
Espera um bem querer...
E sei que não será surpresa
Se o futuro me trouxer
O passado de volta
Num semblante de mulher...

O passado de volta
Num semblante de mulher...

1 comentário:

Maria Falcato disse...

Muito Bonito!