domingo, setembro 21, 2008

A propósito do comentário anónimo ("outra mulher que ficou farta de ti novamente?") que obtive no último post tenho algumas considerações:

- o comentário anónimo é idiota por várias razões, começando pelo facto de ser anónimo, o que mostra que a pessoa não consegue assumir uma opinião, não mostrando sequer o nome que a emite. Aliás, usei a palavra idiota de propósito porque vêm do grego idiótes, o homem privado - em oposição ao homem de Estado, ou público; ou aquele ignorante em algum ofício, homem sem educação, ignorante, pelo latim idiota. Assim sendo, desprovido de inteligência.

- se o anónimo é alguém que me conhece é idiota porque deveria saber que neste momento tenho uma mulher maravilhosa com quem faço as três coisas e fiz a pergunta na generalidade para ser discutido por pessoas racionais. As mulheres que tive na minha vida e que me tornarem um homem melhor, não se fartaram de mim. Eventualmente fartaram-se da relação (acabou o amor) ou da situação da relação (350 km de distância). De toda a forma sempre respeitei as opiniões e decisões delas.

- se o anónimo é alguém que não me conhece, é ligeiramente mais desculpável mas igualmente idiota, porque pressupôs algo completamente errado. Bastava ler atentamente o post para perceber que estava a fazer uma pergunta na generalidade.

Para terminar, não consigo conceber como é possível alguém enganar-se tanto num comentário. Além de não ter trazido nada de positivo à discussão, procurou presumir algo sobre o autor deste blog que não tem nada a ver com o que eu disse. Se a pessoa em causa tem alguma coisa a dizer-me, que o faça identificando-se neste post ou no mail e eu terei todo o gosto em conversar com a pessoa.

Peço imensa desculpa a quem tem visita o meu blog e nada tem a ver com este assunto.

4 comentários:

Touch disse...

Pois é!!
É sempre bom fazer um esclarecimentozito pra malta por as ideias no sitio ;-)

jinhos

Touch

Catwoman disse...

Idiotas e afins vai haver sempre. No worries. ;)

Francisco del Mundo disse...

touch, se isso chegasse...:D
Beijo

Francisco del Mundo disse...

cat, é preciso é diplomacia...:D
Beijo